Total de famílias endividadas sobe para 67,3% em março

Esse é o quarto aumento seguido do indicador, que alcançou a segunda maior proporção histórica

Por: Marina Correa de Genaro | 30 março - 15:59

De acordo com pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), as famílias brasileiras estão devendo mais em março deste ano do que no início da pandemia, março de 2020.

O percentual de famílias endividadas no Brasil alcançou 67,3% do total em março deste ano, uma alta de 0,6 ponto percentual em relação ao mês anterior e 1,1 ponto em comparação a março de 2020.

Dívidas

Foto: Victor Cardoso

Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada mensalmente pela CNC, esse é o quarto aumento seguido do indicador, que alcançou a segunda maior proporção histórica, abaixo apenas do percentual de agosto de 2020.

A piora da pandemia tem levado a um período de fechamento de comércios e serviços, o que pode agravar ainda mais o endividamento, de acordo com José Roberto Tadros, presidente da CNC.

Para as famílias com renda de até 10 salários mínimos, o percentual das que se encontram endividadas voltou a crescer em março, após um mês de estabilidade. Já nas famílias com renda acima de 10 salários, a proporção teve nova e forte alta, levando ao nível recorde de endividados neste grupo.

O cartão de crédito seguiu como principal modalidade de dívida, voltando a crescer e representando 80,3% dessas famílias.

LEIA MAIS:

Número de refeições servidas pelo Bom Prato aumentou 60% na pandemia

Covas diz que “ainda é cedo” para saber os resultados do megaferiado em São Paulo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você