Nissan do Brasil suspende produção por agravamento da pandemia

Essa é a terceira montadora a anunciar uma pausa nas fábricas decorrente nos crescentes casos de coronavírus no país

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 25 março - 14:26

Nesta quinta-feira (25) a Nissan do Brasil, anunciou a suspensão da produção de sua fábrica por conta do agravamento da pandemia de coronavírus. Essa é a mais uma montadora que paralisa suas produções no país. 

A produção será interrompida entre os dias 26 de março e 9 de abril. A medida afeta a montadora localizada em Resende, no Rio de Janeiro.

três carros estacionados

Foto: Reprodução/Twitter

Em nota, a empresa firmou “Buscando garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir continuidade do negócio, a Nissan decidiu adotar férias coletivas em seu Complexo Industrial de Resende de 26 de março a 9 de abril. Com isso, a produção será retomada no dia 12 de abril.” 

O Brasil bateu recorde ontem (25) e chegou à marca de 300 mil mortes pela covid-19. 

Outras montadoras

Outras duas montadoras anunciaram a paralisação nas fábricas por conta da pandemia.

A Volkswagen anunciou no dia 19 de março a suspensão de produção de veículos no Brasil entre os dias 24 de março e 4 de abril. São, no total, quatro fábricas afetadas: São José dos Pinhais (PR); Taubaté (SP); São Bernardo do Campo (SP) e São Carlos (SP). Apenas as atividades essenciais foram mantidas. 

A Mercedes-Benz vai suspender a produção de duas fábricas, em Juiz de Fora (MG) e São Bernardo do Campo (SP) no dia 26 de março e vai até 5 de abril. 

LEIA MAIS

Ministério da Saúde muda sistema de contagem de óbitos e número despenca

Número de doses de vacina contra o coronavírus previstas para abril é reduzido pelo Ministério da Saúde

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você