Março apresenta crescimento de 18,5% na arrecadação, com relação a 2020; Porém, Economia ainda pode sofrer queda

Os números, portanto, ainda não sofrem os efeitos das restrições de atividades no mês março devido ao agravamento da Covid-19.

Por: Larissa Placca | 20 abril - 20:15

A Receita Federal registrou uma arrecadação de R$ 138 bilhões em março. O resultado é um recorde para o mês, considerando números atualizados pela inflação.

O número representa um crescimento de 18,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado e reflete em maior parte dados de fevereiro, já que a arrecadação registrada tem como base o mês anterior.

*Imagem ilustrativa, troca de dinheiro

*Imagem ilustrativa, troca de dinheiro; Foto: Agência Brasil/Divulgação

Os números, portanto, ainda não sofrem os efeitos das restrições de atividades no mês março devido ao agravamento da Covid-19.

“Majoritariamente, os tributos arrecadados em março refletem o nível de atividade de fevereiro. Portanto, ainda não sofreram impacto forte da segunda onda da pandemia”, afirmou Claudemir Malaquias, coordenador do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita.

Na verdade, o resultado foi influenciado pela produção industrial e de maiores valores emitidos por notas fiscais eletrônicas. Porém, também registram queda as vendas de bens e serviços.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Derek Chauvin, ex-policial acusado de matar George Floyd, é declarado culpado

Deputado Ricardo Barros crítica profissionais da educação ao afirmar que “Só professor não quer trabalhar na pandemia”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você