Guedes pede vacinação de trabalhadores informais e alerta para impacto na economia em abril

Ministro da Economia voltou a destacar a importância da vacinação para recuperação econômica

Por: Murilo Amaral Feijó | 22 março - 17:45

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (22), o ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou a importância da vacinação em massa, principalmente nos trabalhadores informais.

Durante a coletiva, Guedes disse: “Mesmo liberando esse auxílio emergencial, que deve ajudar na sobrevivência nesse período, temos a obrigação de vaciná-los nos próximos três ou quatro meses”.

Foto: Agência Brasil/Divulgação

O ministro destacou que os brasileiros que atuam no mercado de trabalho informal são os mais vulneráveis na pandemia de covid-19. “Temos que evitar a crueldade do dilema que é: ou fica em casa com dificuldades para a manutenção da sua sobrevivência ou vão sair arriscando a vida”, afirmou Guedes.

Ele defende novamente que a vacinação em massa é a saída para o retorno seguro de todas as atividades presenciais e avaliou medidas mais rígidas como um impacto negativo na economia.

Guedes celebrou o resultado da arrecadação de impostos federais, que teve o melhor resultado no primeiro bimestre desde 2000, somando R$ 308 bilhões.

Porém, o ministro também fez um alerta sobre um impacto negativo na economia, no próximo mês: “Devemos sofrer algum impacto já na segunda quinzena de março e, possivelmente, no mês de abril”.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Dólar sobe e bolsa recua com emergentes em baixa

Economistas e empresários pedem medidas efetivas para combater a Covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você