Governo diz que começará a pagar 13° de aposentados ‘nos próximos dias’

Pagamento será dividido em duas parcelas, a primeira será paga no fim de maio e a segunda no mês de julho

Por: Marina Correa de Genaro | 28 abril - 13:53

Nesta quarta-feira (28), o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, disse que até o final de maio será paga a primeira, de duas parcelas, do 13° salário a aposentados e pensionistas.

A antecipação do 13° salário é mais uma das medidas do governo para enfrentamento dos reflexos da pandemia da Covid-19 na economia.

Previdência Social

Foto: Jeso Carneiro

Segundo Bianco, serão repassados um total de R$ 56 bilhões a 31 milhões de pessoas que têm direito à antecipação. O governo já havia informado que os valores seriam antecipados, mas aguardava a aprovação e sanção do Orçamento.

FGTS

De acordo com Bianco, a medida que permite que empresários adiem o pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) a seus funcionários manterá outros R$ 40 bilhões na economia neste momento.

Ele também disse que o Pronampe (programa de crédito para micro e pequenas empresas) contará com R$ 5 a R$ 6 bilhões.

“São medidas muito significativas que continuarão ajudando essa retomada econômica”, declarou.

Foi informado que, dos R$ 10 bilhões previstos para o programa de manutenção do emprego neste ano, que foi renovado nesta semana pela área econômica, R$ 7 bilhões virão do cancelamento de restos a pagar do ano passado.

Segundo números do Tesouro Nacional, apesar da renovação dos programas extraordinários para a pandemia em 2021, o governo federal reduziu de R$ 524 bilhões para R$ 103 bilhões a previsão de gastos.

LEIA MAIS

São Paulo: Com vacinação, mortes de idosos pela Covid despencam 90% em abril

STF determina que governo defina e pague valor de renda básica nacional à brasileiros na extrema pobreza

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: