Exportação do país é impulsionada por produtos básicos

O saldo da balança comercial em 2020 superou em US$ 2,9 bilhões o resultado de 2019

Por: Bianca Antunes | 05 março - 14:02

As exportações brasileiras apresentaram certa evolução em 2020, principalmente com a impulsão das vendas de produtos básicos. No balanço do PIB (Produto Bruto Interno) do ano, o agronegócio se destacou, sendo um dos únicos setores com crescimento, puxado pelo bom desempenho da soja.

Já as exportações de manufaturados diminuíram, atribuídas ao impacto da desaceleração econômica mundial causada pela pandemia da covid-19. A análise do cenário foi divulgada hoje (4) pelo Banco Central.

Foto: Reprodução/Pixbay

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Escolas em SP funcionarão na fase vermelha

Governo estuda variáveis para auxílio emergencial

“As exportações apresentaram relativa resiliência, notadamente por conta do bom desempenho das vendas de produtos básicos, preponderantemente direcionados à China, o que resultou na ampliação dos superávits comerciais das regiões Norte e Centro-Oeste. Em sentido contrário, houve queda significativa no grupo dos manufaturados, impactando nos resultados comerciais das regiões Sudeste e Sul”, informou o BC.

De acordo com o BC, a balança comercial superou em 2,9 bilhões de dólares o resultado de 2019, com diminuição nas importações diante do enfraquecimento das demandas domésticas impactadas pela pandemia.  O Banco Central também avaliou o aumento de concentração das exportações em todas as regiões, impulsionado pelo aumento de participação da China nas compras.

*Informações da Agência Brasil

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você