BC reduz a projeção de crescimento do PIB brasileiro em 2021

A entidade afirma que a estimava de crescimento dependerá das reformas e aos ajustes na economia

Por: Larissa Placca | 25 março - 20:58

O Banco Central, anunciou nesta quinta-feira (25) a redução da projeção do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021, através do Relatório Trimestral de Inflação. O texto reduziu a expectativa de 3,8% para 3,6%.

O BC acredita que primeiro semestre será mais impactado do que a última projeção, devido ao agravamento da pandemia. 

Edifício-sede do Banco Central no Setor Bancário Norte

Edifício-sede do Banco Central no Setor Bancário Norte; Foto: Agência Brasil/Divulgação

A entidade aposta em uma melhora entre julho e dezembro, considerando a diminuição do número de mortes, através do avanço da vacinação contra a covid-19. O BC afirma que a estimava de crescimento de 3,6% dependerá das reformas e aos ajustes na economia.

Oposição atrasa votação da Reforma Administrativa na CCJ

Confira o cronograma completo de entrega de vacinas contra a covid

O documento afirma uma “incerteza acima do usual” sobre a recuperação econômica do Brasil. A recuperação do PIB em 2020 se deu na reta final do ano, por isso, maior que o esperado pelo BC (que era uma queda de 4,1% com relação ao ano anterior).

“O início do processo de vacinação melhorou as perspectivas para a superação da crise sanitária nos próximos trimestres, mas a evolução da imunização em larga escala ainda é um desafio global que continua afetando a confiança do consumidor e atrasando a retomada do consumo privado”, diz trecho do relatório.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

STF decide em 14 de abril sobre anulação das condenações de Lula

Oposição atrasa votação da Reforma Administrativa na CCJ

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você