Auxílio Emergencial: prazo para contestar benefício negado no dia 10 de abril encerra nesta quinta (22)

Ministério diz que ainda há cadastros sendo analisados, o que deve dar origem a novos aprovados e a novos períodos de contestação para eventuais pedidos negados

Por: Marina Correa de Genaro | 22 abril - 13:02

Os trabalhadores que tiveram o auxílio emergencial 2021 negado no último dia 10 de abril, têm até esta quinta-feira (22) para recorrer a decisão. A contestação é feita pelo site de consulta.

O Ministério da Cidadania diz que ainda há cadastro sendo analisados, o que deve dar origem a novos aprovados e a novos períodos de contestação para eventuais pedidos negados.

Pessoa segura celular com a tela mostrando site do auxílio emergencial

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

No início do mês, o Ministério liberou as consultas à nova rodada do Auxílio. Quem teve o benefício negado naquela data, teve até o dia 12 de abril para recorrer a decisão.

Parte desses público teve a análise concluída em 10 de abril, com a aprovação de mais 236 mil beneficiários. E para aqueles que tiveram a resposta negativa, o período de contestação se encerra hoje.

Quem receber uma ou mais parcelas da nova rodada do benefício, mas tiver os pagamentos cancelados durante as reavaliações mensais, ainda poderá recorrer.

Só são elegíveis à nova rodada de pagamentos os trabalhadores que tinham o direito reconhecido ao Auxílio em dezembro do ano passado.

A Dataprev analisou, entre esses beneficiários, quem se encaixa nas regras deste ano. Assim, quem não tinha direito em dezembro não teve o cadastro analisado, e não terá como recorrer.

LEIA MAIS

De acordo com Banco Central, beneficiário poderá usar PIX para movimentar dinheiro do auxílio emergencial

Ampliação da vacinação em São Paulo tem garantia do PNI, diz coordenadora do estado

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você