Auxílio emergencial deverá injetar R$ 44 bilhões na economia

As novas parcelas do novo auxílio emergencial começam a ser pagas nesta terça-feira (6)

Por: Marina Correa de Genaro | 05 abril - 13:25

Com as novas parcelas do novo auxílio emergencial, que começam a ser pagas nesta terça-feira (6), o governo federal estima que serão injetados R$ 44 bilhões na economia.

O total de beneficiados irá atingir 45,6 milhões e a nova rodada terá quatro parcelas, com o valor médio de R$ 250.

Auxílio Emergencial

Foto: Adriano Sena

No ano de 2020, as cinco primeiras parcelas foram de R$ 600 e mais quatro de R$ 300. O total pago chegou a R$ 293,1 bilhões para 67, 9 milhões de pessoas.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o pagamento do novo auxílio vai refletir em um aumento no consumo e no aquecimento da economia. “É muito importante porque uma parcela da população mais carente consome tudo”, comenta Guimarães.

Na avaliação do presidente da Caixa, esse recurso vai virar consumo entre as pessoas que serão beneficiadas.

LEIA MAIS:

Um terço de quem recebeu auxílio emergencial em 2020 não terá direito agora

Prazo para contestar auxílio emergencial negado será de 10 dias

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você