São Paulo: Governo dará entrevista para atualizar situação da Covid-19 no estado

O pronunciamento ocorre um dia antes do início de uma nova etapa da fase de transição do Plano de São Paulo

Por: Sophia Bernardes | 23 abril - 10:58

Nesta sexta-feira (23), o Governo de São Paulo dará uma entrevista coletiva às 12h45 (horário de Brasília) para atualizar a situação da pandemia no estado e as medidas de restrição.

O pronunciamento ocorre um dia antes do início de uma nova etapa da fase de transição do Plano de São Paulo, com regras de duas fases diferentes, vermelha e laranja.

Foto: Agência Brasil

A nova fase anunciada na última sexta-feira (16), classificada como ‘fase de transição’ liberando a abertura de comércios das 11h às 19h, assim como as celebrações religiosas. Determinou também, a reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias a partir de amanhã, mediante o cumprimento de protocolos.

Mudanças da fase de transição

Com a atualização do Plano São Paulo, a partir do último domingo (18):

  • o comércio pode funcionar das 11h às 19h, mas com limite de 25% de ocupação do local;
  • missas e cultos podem ser realizados presencialmente, mas respeitando protocolos sanitários.

A partir de 24 de abril até o dia 30, serão liberadas as seguintes atividades:

  • restaurantes e similares;
  • salões de beleza e barbearias;
  • parques;
  • atividades culturais, as três das 11h às 19h e com limite de 25% da ocupação;
  • academias das 7h às 11h e das 15h às 19h, também com ocupação de 25%.

As seguintes medidas da fase vermelha foram mantidas:

  • recomendação do teletrabalho (home office)
  • recomendação do escalonamento de horários alternados para a entrada de funcionários dos setores de serviços, do comércio e da indústria
  • toque de recolher das 20h às 5h

Desde o 12 de abril, as seguintes medidas estão valendo:

  • reabertura das lojas de material de construção
  • retirada de pedidos de comida em restaurantes e lojas – “take away”

Queda nas internações

As novas medidas de restrição flexibilizadas, ocorrem em um momento em que o Governo de São Paulo aponta  queda no número de internações por covid-19 no estado. De acordo com os dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde, o índice de leitos ocupados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) caiu de 13.134, no dia 2 de abril, para 10.826 ontem (22).

No entanto, os índices relativos à doença seguem em patamares altos no estado. Abril já é o mês com maior registro de mortes por covid-19 no estado. Ao todo, desde o início da pandemia são 90.810 mortes e 2.793.750 casos registrados em São Paulo.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Vacinação dos 64 anos contra Covid-19 começa hoje na cidade de São Paulo; veja os locais

Covid-19: Mais de 270 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina atrasada no estado de SP

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você