Procon e Polícia fecham festa e bingo clandestinos em São Paulo

Mais de 80 pessoas jogavam em bingo clandestino no Centro. Já na Zona Leste de SP, balada irregular tinha 77 pessoas sem máscara

Por: Marina Correa de Genaro | 10 abril - 14:55

Na madrugada deste sábado (10), operações foram realizadas pelo Procon, juntamente com a Polícia Civil, para conter a disseminação do coronavírus na capital paulista. Foram fechados um bingo clandestino e uma balada que estava operando irregularmente.

Aglomerações e eventos que reúnam público estão proibidos por um decreto do governador João Dória (PSDB).

Festa clandestina zona Leste

Foto: Divulgação

O bingo clandestino funcionava na rua Dona Veridiana, na Santa Cecília, Centro da capital. Mais de 80 pessoas estavam jogando quando o local foi descoberto, sendo 36 homens e 58 mulheres.

Foram apreendidas 50 máquinas de vídeo-bingo e o responsável foi levado para a delegacia e registrado um termo circunstanciado por contravenção por jogos de azar e descumprimento das medidas protetivas vigentes durante a pandemia.

Na Zona Leste da capital, na rua Mário Ferraz, em Guaianazes, a operação localizou uma balada que estava irregularmente aberta e realizava festas noturnas. Mais de 77 jovens estavam no local, a maioria sem máscara.

Eles irão responder pelo crime previsto no artigo 268 do Código Penal, que é o descumprimento de medida sanitária preventiva.

Foram apreendidos equipamentos de som, instrumentos musicais e máquinas de cartão.

LEIA MAIS

Bingo clandestino é fechado pela polícia no ABC paulista

Operação “São Paulo Mais Seguro” detém 144 pessoas em toda região do estado

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você