Portugal encerra suspensão de voos com Brasil e Reino Unido

Serão consideradas viagens essenciais aquelas feitas "por motivos profissionais, estudos, reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias", explicou o Ministério

Por: Sophia Bernardes | 16 abril - 12:43

Nesta sexta-feira (16), Portugal anunciou o encerramento de suspensão de voos com o Reino Unido e o Brasil que vigorava desde o final de janeiro, mas serão permitidos apenas as viagens essenciais.

O Ministério do país explicou, que serão consideradas viagens essenciais aquelas viagens feitas “por motivos profissionais, estudos, reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias”.

Nesta quinta-feira (15), o Primeiro-Ministro Antônio Costa confirmou Portugal vai entrar na segunda-feira (19) na terceira fase de um plano de flexibilização das medidas de restrição, após a onda violenta de contágios de Covid no início do ano.

Os controles na fronteira com a Espanha permanecerão por pelo menos 15 dias, assim como a obrigação de que todos os visitantes apresentem teste negativo de covid-19 ou respeitem uma quarentena, explicou o primeiro-ministro.

O país continuará exigindo que os viajantes procedentes de países com uma taxa de incidência de Covid superior a 500 casos para cada 100.000 habitantes cumpram uma quarentena de 14 dias em sua chegada – entre estes países estão Brasil, África do Sul, França e Holanda.

Além disso, a partir de países com taxa de incidência superior a 150 casos para cada 100.000 habitantes — como Espanha, Alemanha ou Itália — serão permitidas apenas viagens consideradas “essenciais”.

Em Portugal são detectados cerca de 500 novos casos de Covid-19 por dia, número muito inferior aos 13.000 casos registrados no fim de janeiro.

Com 3.774 mortes, Brasil tem quarto pior dia da pandemia

França suspende todos os voos com o Brasil ‘até segunda ordem’

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você