PF investiga grupo que tentava vender vacinas falsas ao governo

A Polícia Federal cumpre sete mandados de busca e apreensão nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Por: Bianca Antunes | 25 março - 13:11

A Polícia Federal realizou na manhã desta quinta-feira (25) a Operação Taipan para investir grupo suspeito de tentar vendar lote de vacinas fraudadas ao Ministério da Saúde. O grupo fraudava credenciais de farmacêutica e ofereciam 200 milhões de doses.

Segundo informações da PF, o próprio Ministério da Saúde encaminhou a denúncia de fraude após a tentativa de golpe.

Vacina Covid-19

Foto: Governo do Estado da Bahia

Outros órgãos e gestores também foram abordados pelo grupo com a oferta. Agora, os suspeitos são acusados de cometer os crimes de associação criminosa, estelionato em face de entidade pública, falsificação de documento particular e falsificação de produto destinado a fins medicinais.

A PF cumpre sete mandados de busca e apreensão nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

*Com informações da CNN

LEIA TAMBÉM:

Supostas vacinas, certificados de vacinação e testes negativos da Covid-19 são vendidos na dark web

Homem armado rouba 98 doses de vacina na zona sul de SP

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você