Nasa contrata SpaceX para levar astronautas à Lua

Empresa de Elon Musk venceu concorrência com outras gigantes do ramo aeroespacial dos EUA. Nave Starship, que deve levar pessoas à Lua pela primeira vez desde 1972

Por: Sophia Bernardes | 17 abril - 07:14

Nesta sexta-feira (16), a NASA anunciou que a SpaceX foi a escolhida para a missão que vai levar o homem de volta à Lua em 2024. A empresa de Elon Musk fechou um contrato com a agência espacial norte-americana em US$ 2,9 bilhões. Com isso, ela superou as concorrentes diretas Blue Origin e Dynetics.

A SpaceX vence assim a Blue Origin, de Jeff Bezos, e a empreiteira de defesa Dynetics se torna o único fornecedor do sistema. É um marco surpreendente nas práticas da Nasa, que normalmente escolhe várias empresas, a fim de se prevenir caso ocorra alguma falha.

No último ano, a SpaceX se tornou a primeira empresa privada a enviar com sucesso uma tripulação à Estação Espacial Internacional, restabelecendo a capacidade norte-americana de realizar o feito pela primeira vez desde o fim do programa de ônibus espaciais.

Para a proposta de pouso na Lua, a SpaceX apresentou a nave espacial reutilizável Starship, projetada para transportar grandes tripulações e cargas para viagens espaciais ao espaço profundo, e fazer um pouso vertical tanto na Terra quanto em outros corpos celestes.

Programa Artemis

Para fazer parte do programa Arthemis para voltar a levar humanos à Lua, a Nasa quer usar seu Sistema de Lançamento Espacial para transportar quatro astronautas a bordo de uma cápsula da tripulação Orion, que então se acoplará a uma estação espacial lunar chamada Gateway.

A Starship estará esperando para receber dois integrantes da tripulação para a etapa final da viagem à superfície da Lua.

Os humanos puseram os pés na Lua pela última vez em 1972, durante o programa Apollo. A Nasa pretende retornar e estabelecer uma presença sustentável, com uma estação espacial lunar, para testar novas tecnologias que abram o caminho para uma missão tripulada a Marte.

Em 2019, o então vice-presidente dos Estados Unidos Mike Pence desafiou a Nasa a colocar a primeira mulher e o próximo homem na Lua até 2024, mas esse prazo provavelmente será relaxado sob a presidência de Joe Biden.

Outra mudança do governo atual é sua meta declarada de levar a primeira pessoa não-branca à Lua no âmbito do programa Artemis.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

NASA adiou mais uma vez o voo do helicóptero Ingenuity

Helicóptero Ingenuity moveu suas hélices em Marte para teste do voo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: