Mais de 5 milhões de brasileiros não têm água potável

O problema ocorre nas 100 maiores cidades do país

Por: Marina Correa de Genaro | 22 março - 14:07

De acordo com o relatório divulgado nesta segunda-feira (22), pelo Instituto Trata Brasil, é apontado que 21,7 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta de esgoto e 5,5 milhões à água potável nas 100 maiores cidades do país.

Entre os 100 maiores municípios do país, os indicadores foram melhores do que a média nacional, mas estão longe do ideal. Segundo o “Ranking do Saneamento”, o Brasil não trata metade do esgoto, com isso joga na natureza o equivalente a 5,3 mil piscinas olímpicas de distritos sem tratamento diariamente.

Água Potável

Foto: Caio Palazzo/FAS

Édison Carlos, presidente executivo do Instituto Trata Brasil, diz que, muitas vezes, os gestores não investem em saneamento porque a obra não tem visibilidade eleitoral, porém, o problema acaba estourando sobre a própria administração com aumento de doenças e hospitalizações.

Entre os anos de 2012 e 2019, a população com acesso à rede de água no país registrou aumento de 82,7% para 83,7%, assim como nas 100 maiores cidades, que passou de 93,45% para 93,51%.

10 piores cidades em saneamento básico

  1. Macapá (AP)
  2. Porto Velho (RO)
  3. Ananindeua (PA)
  4. São João de Meriti (RJ)
  5. Belém (PA)
  6. Santarém (PA)
  7. São Gonçalo (RJ)
  8. Duque de Caxias (RJ)
  9. Rio Branco (AC)
  10. Belford Roxo (RJ)

LEIA MAIS:

Governo faz parceria com empresas privadas para revitalizar bacias hidrográficas

SP prorroga suspensão do corte de água e gás

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você