CPF defende realização de jogos: “É seguro, responsável e controlado”

CBF divulga números da pandemia e diz não haver evidência de contágio em jogos

Por: Bianca Antunes | 10 março - 14:50

O secretário-geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Walter Feldman, afirmou em declaração online que “o futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar”

Feldman fez uma transmissão online para divulgar um relatório da CBF sobre a efetividade do protocolo de segurança e combate ao coronavírus. Em entrevista aos jornalistas, afirmou que respeitará a decisão de governos locais, mas que o calendário nacional deve prosseguir.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

LEIA MAIS:

Procurador-geral recomenda suspensão de atividades religiosas e futebol

Cidades da Região Metropolitana de SP suspendem totalmente as aulas

“A aplicação do protocolo sanitário, com a convicção ainda mais forte que nós já tínhamos no ponto de vista teórico, no mês agosto, quando retomamos, mas agora com convicção da sua aplicação na prática de que o futebol é seguro, controlado, responsável e tem todas as condições de continuar”, disse Feldman.

A confederação ainda divulgou número e relatou não ter encontrado nenhuma evidência de transmissão entre jogadores adversários durante partidas de futebol. Segundo os médicos, um atleta fica em contato com um rival em média 1 minuto e meio durante os 90 minutos de um jogo. “A contaminação não ocorre em campo, mas por comportamento social e quebra de protocolo”, apontou ele.

Também foi apontado que foram feitos 89.052 testes PCR em pessoas envolvidas nas partidas e apenas 2,2% de todos os testes deram positivo. Essa declaração vem após discussões sobre o cancelamento de atividades esportivas diante do aumento de internações por covid-19, além dos recordes diários de mortes pela doença.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você