Cinco pessoas são mortas na segunda chacina em 15 dias em Fortaleza

Uma das vítimas foi atendida pelo Samu, mas não resistiu

Por: Maria de Toledo Leite | 25 abril - 20:18

Na madrugada deste domingo (25), cinco pessoas foram assassinadas a tiros nas proximidades do Conjunto João Paulo II, no Bairro Barroso, em Fortaleza. A violência teria sido um resultado de rivalidade entre facções criminosas. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), as primeiras quatro vítimas, três homens e uma mulher, com idades entre 23 e 48 anos, foram atingidas por disparos de arma de fogo.

Apurações das equipes policias afirmam que os suspeitos chegaram em um carro e uma motocicleta, e dispararam contra essas quatro vítimas, que morreram no local do crime.

Foto: Ascom

A quinta vítima foi encontrada ainda no mesmo bairro, mas em outra rua. Este era um homem, ainda não identificado, que estava apenas lesionado pelo tiroteio. O Samu chegou a atendê-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Equipes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foram ao local e coletaram vestígios para carregarem as investigações. Na manhã deste domingo, policiais militares fizeram uma operação nas redondezas do local onde ocorreu a chacina em busca de armas de fogo.

Equipes da Polícia Civil do Ceará e da Polícia Militar estão buscando identificar e prender os envolvidos no crime.

Há duas semanas, outra chacina aconteceu em Fortaleza, desta vez na cidade de Caucaia, onde quatro pessoas foram mortas. As vítimas eram um adolescente de 15 anos, uma mulher e dois homens. Todos foram atingidos por disparos de armas de fogo.

O delegado Hugo Leonardo, da Delegacia Motropolitana de Caucaia, afirmou que a investigação indica que a chacina pode ter sido motivada por disputas entre organizações criminosas, em que uma delas quis vingar a morte de dois integrantes.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você