Caso Henry: Polícia analisa laudo e adia conclusão do inquérito

Polícia está analisando novo documento solicitado pelo delegado responsável pelas investigações e mensagens de celulares

Por: Marina Correa de Genaro | 23 abril - 12:23

O inquérito sobre a morte do menino Henry Borel, 4 anos, não será concluído nesta sexta-feira (23), pois a polícia analisa um novo laudo solicitado pelo delegado responsável pelas investigações e mensagens extraídas de celulares. As informações são da Record TV.

Era esperado que a polícia encerrasse nesta sexta o inquérito, mas o documento complementar apontou que Henry morreu após receber uma pancada no fígado que causou uma laceração hepática e descartou completamente um acidente doméstico.

Mãe de Henry e o padrasto

Foto: Reprodução

Os peritos afirmam que, em relação às marcas de unhas, provavelmente foram causadas pela equipe médica que tentou reanimá-lo. No entanto, apesar das manobras médicas, o menino teria chegado sem vida ao hospital.

O laudo, porém, não conseguiu determinar a dinâmica dos fatos.

A defesa de Monique Medeiros insiste que ela preste um novo depoimento para mudar a versão original.

Os advogados de Monique teriam criado uma nova estratégia: a de divulgar as cartas que ela teria escrito dentro da prisão. A defesa do vereador e médico Jairinho disse que não vai se manifestar até que ele seja indiciado.

LEIA MAIS

Eduardo Pazuello é transferido para a Secretaria-Geral do Exército no governo Bolsonaro

Treze pacientes com covid-19 morrem durante incêndio em hospital na Índia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você