Bolsonaro afirma que Ministro da Educação irá autorizar o retorno às aulas presenciais em todo o Brasil

"O problema existe, tem que tomar os cuidados, mas não pode mais ficar em casa. Até quando?", disse.

Por: Larissa Placca | 10 abril - 14:43

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, irá autorizar o retorno às aulas presenciais em todo o Brasil.

“Um ano sem aula, entrando no segundo [ano]. Imagina o futuro dessa molecada?!”, disse o presidente, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em pronunciamento;

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em pronunciamento; Foto: Agência Brasil/Divulgação

“Ele [o ministro Milton Ribeiro] vai dar um parecer favorável à volta às aulas no Brasil. Até para atender um grupo de professores em São Paulo. O problema existe, tem que tomar os cuidados, mas não pode mais ficar em casa. Até quando?”, disse.

O presidente não especificou, por exemplo, se a medida será para o retorno do ensino básico ou médio, ou a ambos.

Volta às aulas em SP

Membros do Sindesp-SP (Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública/São Paulo) querem que o Ministério Público interfira na decisão da prefeitura da capital de retomar as aulas presenciais na semana que vem. Os servidores esperam que o MP faça a intermediação de um acordo com a gestão paulista, para que a retomada não ocorra agora.

Na cidade, o retorno das aulas presenciais está previsto para a próxima quarta-feira (14). De acordo com o sindicato, a prefeitura não explicou os motivos da volta, e que isso pode fazer com que as escolas se transformem em espaços de proliferação massiva da covid-19. Leia a matéria completa.

Volta às aulas no RJ

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), autorizou a retomada das atividades de escolas, bares e restaurantes. Escolas públicas e particulares reabriram na segunda-feira (05).

Covid no Brasil

Nesta sexta-feira (9), foram registradas 3.647 mortes em decorrência da covid-19 no Brasil. O País registra no total 348.934 mortos pela doença desde o início da pandemia, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Presidente do BC diz que o impacto da segunda onda pode ser maior na saúde, mas que a economia já aprendeu a conviver com isso

Sem Ernesto Araújo, Governo brasileiro tenta se reaproximar da China

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você