Variante sul-africana encontrada em SP provavelmente veio da Europa, diz Butantan

Pesquisadores afirmam que pode ocorrer um possível "duelo" entre essa linhagem e a variante brasileira P.1.

Por: Bianca Antunes | 07 abril - 16:26

Pesquisadores do Instituto Butantan afirmaram que o primeiro caso da variante sul-africana do coronavírus no Brasil provavelmente teve origem na Europa. Eles acreditam que a variante passou por uma cadeira de pessoas até chegar em uma mulher em Sorocaba, São Paulo.

Eles ainda afirmam que pode ocorrer um possível “duelo” entre essa linhagem e a variante brasileira P.1.

Foto: Agência Brasil/Divulgação

A pesquisa do Butantan mostrou que a linhagem ancestral do vírus que contaminou a mulher de Sorocaba teve origem na Europa entre outro e dezembro do ano passado.

“Até agora, ainda não conseguimos identificar a cadeia de ligação de pessoa a pessoa até chegar a essa mulher de Sorocaba. O que podemos dizer é que o ancestral comum dessa linhagem surgiu em algum momento de meio de outubro até o final de dezembro, e que dos genomas depositados em bancos de dados online, a origem dessa linha de transmissão seria provavelmente de uma pessoa da Europa”, disse José Patané, pesquisador associado ao Butantan.

LEIA TAMBÉM:

Uruguai: Número de mortes por covid em abril supera total registrado em 2020

Sepultamentos aumentaram 63% no mês de março em São Paulo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você