União Europeia não teve nenhum caso de coágulos sanguíneos associados a vacina contra covid-19 da Johnson & Johnson

A agência ainda afirmou que continuará investigando os efeitos colaterais do imunizante

Por: Bianca Antunes | 20 abril - 15:15

Nenhum caso de coágulo sanguíneo foi registrado na União Europeia (UE) após a aplicação da vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, disse a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) nesta terça-feira (20).

A agência ainda afirmou que continuará investigando os efeitos colaterais do imunizante. O comitê de segurança afirmou que existe uma possível ligação entre o produto e casos raros de coágulos sanguíneos, mas insiste que os benefícios da vacina são maiores.

Foto: Divulgação/Johnson & Johnson

A diretora executiva da agência, Emer Cooke, afirmou que as investigações vão continuar, “exigindo que a empresa realize estudos adicionais”. A EMA investiga oito casos raros de coágulos sanguíneos associados a baixos níveis de plaquetas sanguíneas.

Porém, a agência insiste que os benefícios globais da vacina na prevenção da covid-19 superam os riscos de efeitos secundários, assim como entendeu sobre a vacina da Oxford/AstraZeneca contra a covid-19.

LEIA TAMBÉM:

Johnson & Johnson fatura 100 milhões de dólares

Além da Covid, Brasil teve 55 mil mortes por outras doenças acima do previsto

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você