SP: após 9 pedidos de ajuda, Ministério da Saúde diz que estado deve receber “kits intubação” em até 48h

Governo de SP afirma que não recebeu comunicado oficial sobre a entrega e que mais de 640 hospitais têm estoque crítico de medicamentos

Por: Maria de Toledo Leite | 15 abril - 19:53

Nesta quinta-feira (15), o Ministério da Saúde afirmou que irá encaminhar uma nova remessa de medicamentos do “kit intubação” para o governo de São Paulo em até 48 horas. A entrega é uma resposta aos 9 ofícios enviados pelo governo do estado pedindo ajuda emergencial para repor os remédios usados na intubação de pacientes com Covid.

Durante coletiva de imprensa, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que os “grandes estados” procurem formas de comprar os medicamentos por conta própria.

De acordo com o secretário de Ciência, Tecnológica e Inovação em Insumos Estratégicos do ministério, Hélio Angotti Neto, o estado de São Paulo receberá:

  •  5.513 unidades de Fentanil;
  • 152.808 unidades de Propofol;
  • 66.801 unidades de Midazolans;
  • 182.385 unidades de Cizatracuro.

Esses medicamentos fazem parte de um lote de 2,3 milhões de remédios para intubação doados pelo governo federal por um grupo de empresas formado pela Petrobras, Vale, Engie, Itaú Unibanco, Klabim e Rízen.

Por meio de nota, o governo de São Paulo afirmou que o governo federal ainda não deu nenhum aviso formal sobre o recebimento dos remédios.

No estado, 60% dos hospitais estão com o estoque zerado dos medicamentos. No caso dos bloqueadores neuromusculares, 78% de seu estoque deve durar apenas 7 dias dos serviços municipais.

“Kit Intubação”

O “kit intubação” é formado por medicamentos sedativos usados para controlar os movimentos e a dor dos pacientes em estado grave de Covid-19 e intubados. O ideal é que eles sejam administrados até o paciente acordar.

A falta desses remédios causa maior dor e sofrimento nos pacientes. Para evitar que os intubados arranquem os equipamentos, de aflição e angústia, alguns hospitais têm amarrado os pacientes aos seus leitos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Governo de São Paulo afirma que ainda não há solução para repor estoque de kit intubação

São Paulo: Tem estoque de kit intubação para 20 ou 25 dias, diz secretário

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você