Segundo estudo, Brasil terá quase 100 mil óbitos por covid-19 em abril

A previsão foi feita pelo Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde, da Universidade de Washington

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 04 abril - 14:53

Segundo uma projeção do Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (IHME, na sigla em inglês), da Universidade de Washington, o Brasil deve registrar quase 100 mil mortes por coronavírus neste mês de abril. 

Polícia interrompe festa com 130 pessoas na Zona Sul de SP e dois bingos são fechados

A previsão do Instituto é que o país chegue a 431.353 mortes no dia 31 de abril. Na pior das hipóteses o Brasil pode chegar a 4.22.074. No melhor dos cenários, chegará a 418.950 óbitos pela doença. 

No sábado (3), o Brasil chegou a marca de 330.297 mortos pela Covid-19. O país atingiu o oitavo dia com a média móvel de mortes acima de 2.500. 

O cálculo dos três cenários diferentes conta com a mobilidade de pessoas não vacinadas, a mobilidade de pessoas já vacinadas, a propagação das variantes britânica, brasileira e sul africana e o uso correto da máscara pela população.

É a primeira vez no Brasil, que o índice de óbitos supera 3 mil. O país está vivendo o pior momento da pandemia. Segundo a plataforma Our World in DataNo, o Brasil lidera os rankings de mortes e casos, sendo a nação com maior número de vidas perdidas.

Colapso nos hospitais 

Todos os estados do país estão passando por crise em seus sistemas de saúde. Todos os estados brasileiros enfrentam situação crítica com a falta de kits para intubação. Um levantamento feito com as prefeituras de todas as regiões do país mostrou que 45% dos municípios podem ficar sem os medicamentos do kit intubação ainda nesta semana. 

Segundo o balanço feito pelo G1 e SP1, em São Paulo, maior cidade do país, mais de 500 pessoas perderam a vida esperando por um leito de UTI na capital do estado. Na sexta-feira (2), a prefeitura afirmou que irá contratar mais duas câmaras de refrigeração para serem utilizadas devido ao alto número de cremações.

LEIA MAIS

Pesquisadores da USP encontram coronavírus na gengiva de vítimas

Variante brasileira do coronavírus é detectada em várias regiões do Paraguai

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você