São Paulo: estado registra média diária de 890 mortes por Covid nesta quinta-feira

O aumento foi de 91% em 14 dias

Por: Maria de Toledo Leite | 01 abril - 17:28

O estado de São Paulo registrou mais de mil mortes por Covid-19 em 24 horas pela terceira vez seguida e ultrapassou, nesta quinta-feira (1º), o total de 75 mil vidas perdidas desde o começo da pandemia. A média móvel diária de novos óbitos bateu recorde, chegando a 89o vidas, valor 91% mais alto do que o registrado há 14 dias.

Os números diários não significam que as mortes aconteceram naquele dia, mas que elas foram registradas no sistema neste período. Nos finais de semana, por exemplo, os valores costumam ser mais baixos, já que os profissionais de saúde trabalham em esquema de plantão.

São Paulo encerra março com mais de 15 mil mortes pela covid-19

Com esses novos dados, se o estado de São Paulo fosse um país, ele estaria em 11º lugar no ranking mundial de números absolutos de óbitos pela doença.

Profissionais da saúde mexendo em equipamentos de testes

Foto: Itamar Crispim/Fiocruz

Em 2020, durante o pico da pandemia, os maiores valores de média móvel de mortes não ultrapassavam de 280 por dia. A média móvel de novos casos confirmados também foi a maior desde o começo da pandemia, ultrapassando o valor de 17 mil. Nesta terça, a média foi de 17.933 novos casos, o que é 25% mais alto do que os números de 14 dias atrás.

Pandemia no estado de São Paulo

No momento, o estado enfrenta uma situação bastante complicada em relação à pandemia. São mais de 31 mil pacientes internados com Covid-19 ou suspeita da doença nas redes pública e privada. A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 92,2% e na Grande São Paulo, a porcentagem é de 91,8%.

Segundo levantamento feito pelo G1, pelo menos 496 pessoas com coronavírus ou com suspeita da doença morreram à espera de UTIs no estado de São Paulo, o que equivale a 3,2% das mortes do mês de março, o mais letal da pandemia no Brasil.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

1 a cada 5 brasileiros com covid-19 morreu em março

São Paulo: Internações desaceleram, mas novos casos de Covid-19 não param de crescer

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você