Queiroga diz que acesso ao kit intubação será normalizado em 15 dias

O ministro da Saúde diz ter pedido ajuda à OPAS

Por: Maria de Toledo Leite | 29 março - 21:00

Em audiência na comissão de combate ao Covid-19, o ministro Marcelo Queiroga disse ter recorrido à Organização Panamericana da Saúde (OPAS) para conseguir acesso aos suprimentos que fazem parte do “kit intubação”, usado no tratamento de pacientes com Covid-19 internados em UTIs.

Segundo Queiroga, no momento existe uma falta global desses medicamentos e, por isso, a normalização do abastecimento deles deve demorar cerca de 15 dias.

Saiba quais são os Órgãos Públicos brasileiros e entenda suas funções

Remédios do kit intubação

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

No dia 24 de março, o Ministério da Saúde anunciou a compra de 2,8 milhões de unidades de medicamentos para o kit intubação e, segundo o ógão, esses insumos foram distribuídos aos estados na última sexta-feira (26).

No entando, os medicamentos enviados para o Governo de São Paulo representam apenas 25% do que o governo federal havia prometido. Com isso, a demanda só pode ser atendida por 12 horas, levando em consideração o colapso do sistema hospitalar o estado.

Segundo pesquisa feita entre os dias 23 e 25 de março, a falta de kit intubação era prevista para 1316 cidades brasileiras, número que representa mais da metade dos 2611 municípios consultados, afirma a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

14 estados brasileiros registram recordes de mortes por Covid em março

Brasil bate novo recorde na média de mortes por Covid-19 nesta segunda-feira (29)

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você