Quatro estados já pediram ao STF autorização para importar Sputnik V

Piauí, Amapá, Ceará e Maranhão estão entre os estados que entraram com pedido de autorização ao Supremo Tribunal Federal

Por: Sophia Bernardes | 22 abril - 11:50

Na noite de terça-feira (22), o estado do Piauí solicitou a autorização ao Supremo Tribunal Federal para importar doses da Sputnik V, além disso os estados do Amapá, Ceará e Maranhão também já fizeram o mesmo pedido.

Maranhão e Ceará conseguiram uma decisão liminar provisória para importar o imunizante caso Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não analise os pedidos em até 30 dias.

Foto: Agência Brasil

Na última semana, o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, ordenou que a Anvisa resolva sobre a “importação excepcional e temporária da vacina Sputnik V” no prazo máximo de 30 dias, a partir de 29 de março.

A vacina Sputnik V contra Covid-19 desenvolvida na Rússia já foi adquirida pelo governo federal e por diferentes estados brasileiros, mas segue aguardando a autorização da Anvisa.

Manifestação da Anvisa

Nesta terça-feira (20), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, manifestou ao Supremo, pedindo a suspenção do prazo do parecer sobre a importação temporária da vacina Sputnik V até que o órgão obtenha dados suficientes sobre a vacina. (Leia a matéria completa)

Ainda na manifestação, a Anvisa afirma que há necessidade de “uma decisão administrativa fundamentada voltada ao melhor interesse público”.

O argumento da agência é de que não há informações disponíveis suficientes para a análise.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Butantan afirma que produção da Butanvac pode começar em maio e aguarda autorização da Anvisa para iniciar testes

Anvisa concedeu autorização para vacina da Pfizer ser armazenada a -20ºC, disse a farmacêutica

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você