Primeira das 19 miniusinas de oxigênio começa a funcionar em São Paulo

A unidade está instalada no Hospital Municipal Capela do Socorro, na zona sul do município

Por: Caroline Ripani | 31 março - 13:47

Nesta quarta-feira (31), a cidade de São Paulo inaugura a primeira das 19 miniusinas responsáveis pela produção de oxigênio na capital. A unidade está instalada no Hospital Municipal Capela do Socorro, na zona sul do município.

De acordo com a prefeitura, as 19 usinas em conjunto conseguirão produzir 9 mil metros cúbicos de oxigênio por dia – o equivalente a 900 cilindros.

Cilindro de oxigênio

Foto: Divulgação/Samuel Ramos/Unsplash

A construção das miniusinas, anunciada em 25 de março pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, é motivada pela falta de insumos e risco de desabastecimento em razão da alta de casos e internações pelo novo coronavírus na cidade.

As miniusinas serão suficientes para garantir o abastecimento de 807 leitos – 596 de enfermaria, e 211 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Até 15 de abril, sete miniusinas devem ser entregues. Outras 12 unidades serão inauguradas até o último dia do mês.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Abertura de hospital de campanha em SP é adiada por atraso com oxigênio

Unicamp fornece cilindros de oxigênio para o governo de SP

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você