Presidente da Conass aponta falha no combate à pandemia e fala em “grande conflito federativo”

Conselho ainda criticou falta de união para combater o coronavírus e a "baixa cobertura vacinal"

Por: Murilo Amaral Feijó | 22 abril - 20:32

Nesta quinta-feira (22), o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Eduardo de Oliveira Lula, afirmou que o combate à pandemia de covid-19 no Brasil tem sido enfraquecido por um “grande conflito federativo”.

Para Oliveira Lula, o Brasil “não conseguiu unir os esforços da União aos de estados e municípios para ter uma condução unificada e coerente das medidas que precisavam ser implementadas”. O presidente da Conass apontou a falha durante reunião da Comissão Temporária da Covid-19, no Senado Federal.

Presidente da Conass, Carlos Eduardo de Oliveira Lula, na TV Senado

Carlos Eduardo de Oliveira Lula, presidente da Conass. Foto: Reprodução/TV Senado

Outro ponto abordado pelo presidente do Conass foi a “baixa cobertura vacinal” contra o coronavírus e os reflexos da falta de doses no número de mortes: “A gente já estimava, Conass e Conasems (Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde), que haveria uma diminuição no final de abril para meados de maio, e isso é verdade, só que essa diminuição do número de óbitos ocorreu num processo muito mais lento do que a gente esperava”.

Sobre as novas variantes do vírus, Oliveira Lula comentou que a circulação mundial das mutações eleva a pandemia a um “patamar muito alto”. Para ele, o número de internações e mortes deve continuar alto, por conta das novas variantes e da falta de financiamento adequado para a área da saúde.

“A gente precisa de aporte de recursos financeiros federais como fonte extraordinária, não dá para discutirmos isso, é urgente a medida. A gente precisa ter recurso extra para estados e municípios. A gente nunca teve um número de leitos tão alto, muito mais alto do que na primeira onda; e nunca se gastou tanto, portanto, com mais insumo, com mais pessoal, com mais oxigênio. Para isso, precisamos da ajuda”, alertou o presidente da Conass.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Maioria do STF decide manter decisão que declarou suspeição de Moro e julgamento e suspenso

Cuidar do meio ambiente será um desafio depois da pandemia, afirma Papa Francisco

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você