Prefeitura de SP vai entregar cinco novas miniusinas de oxigênio até sexta-feira (30)

Após serem instalados, leva um prazo de três dias para que os equipamentos comecem a produzir gás

Por: Caroline Ripani | 26 abril - 12:08

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo prometeu realizar a entrega de cinco novas miniusinas de oxigênio até a próxima sexta-feira (30).

Os equipamentos, que terão um custo de R$ 9,3 milhões, ficarão instalados no Hospital Dia Flávio Gianotti, Hospital Dia Tito Lopes, Hospital Dia Campo Limpo, Hospital Dia M’Boi Mirim I e Hospital Dia Cidade Ademar.

Em Manaus, homem é preso suspeito de desviar cilindros de oxigênio

Foto: Reprodução/Pixabay

Quando uma miniusina é implementada, leva um prazo de três dias para que os equipamentos comecem a produzir gás

Outras miniusinas já estão funcionando no Hospital Dia M’Boi Mirim, no Hospital Central Sorocabana, no Hospital Municipal Capela do Socorro e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Jabaquara.

A cidade de São Paulo terá, ao todo, 19 equipamentos que, em conjunto, vão produzir 9 mil m³ de oxigênio por dia, o equivalente a 900 cilindros. De acordo com a prefeitura, o total é suficiente para abastecer 596 leitos de enfermaria e 211 de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva)..

Futuramente, mais unidades de saúde deverão receber uma miniusina, são elas: UPA Vila Mariana, Hospital Dia São Mateus, Assistência Médica Ambulatorial (AMA) José Pires, Hospital Dia Mooca, Hospital Dia Butantã, Hospital Dia Lapa, Hospital Dia Vila Guilherme, Hospital Dia Brasilândia e Hospital Dia Sapopemba.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

STF nega extensão de prazo para Anvisa avaliar importação da Sputnik V

São Paulo registra queda de 26% nas internações de Covid-19 em um mês

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você