Prefeitura de SP deve abrir 600 valas por dia e ainda analisa construir cemitério vertical

As operações para abrir as valas devem começar na quinta-feira (7)

Por: Aline Bueno Silvestre | 06 abril - 22:02

A Prefeitura de São Paulo anunciou a abertura de 600 valas por dia para conseguir cumprir com a demanda. A ação deve acontecer em 22 cemitérios municipais a partir de quinta-feira (7).

A concentração maior deve ser nas unidades de cemitérios da Vila Formosa, Dom Bosco, Itaquera e São Luiz.

Prefeitura de SP deve abrir 600 valas por dia e analisa construção de cemitério vertical

Foto: Reprodução/Pixabay

Além disso, a prefeitura analisa também a construção de um cemitério vertical em Itaquera, Zona Leste da cidade. Porém, a construção deve demorar por volta de 90 dias.

Para tentar funcionar ainda mais e conter o avanço de mortes e o número de enterros, Alexandre Modonezi, secretário das subprefeituras, afirmou que estão negociando cremar vítimas da Covid-19 em 6 unidades de crematórios da região metropolitana de São Paulo.

*Com informações do G1.

Trabalhadores do serviço funerário vão poder se vacinar a partir de sexta-feira (01) no estado de SP

A situação dos cemitérios 

Desde o dia 17 de março, o setor funerário de preparava para a alta nas mortes por Covid-19. O presidente da Associação de Empresas e Diretores do Setor Funerário (Abredif), Lourival Panhozzi, havia pedido para que as empresas funerárias aumentassem os estoques de equipamentos de proteção e urnas.

No dia 19, a alta de mortes já pressionava o sistema dos cemitérios, estando “à beira do colapso”. Dia 30, o segundo maior cemitério da cidade já registrava falta de vagas e teve que fechar temporariamente.

Em 2 de abril, a cidade contratou novas câmaras refrigeradas pela alta demanda de cremações. No dia 5, eles estudavam suspender velórios e realizar enterros em dois cemitérios.

LEIA MAIS:

Metade dos pacientes internados no SUS em UTI Covid morre

Câmara votará ampliação do grupo prioritário do Plano Nacional de Vacinação; Veja quem poderá ser incluído no projeto:

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você