Pela primeira vez na história, número de mortes ultrapassa o de nascimentos na região sudeste do país

Na primeira semana de abril, foram registrados 13.998 nascimentos contra 15.967 óbitos no mesmo período

Por: Marina Correa de Genaro | 08 abril - 16:25

Segundo dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais, disponibilizados no Portal da Transparência, pela primeira vez na história, o número de mortes ultrapassou o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do Brasil.

Entre os dias 1° e 8 de abril, foram registrados 13.988 nascimentos na região sudeste, contra 15.967 registros de óbitos no mesmo período. Os dados são preliminares, uma vez que os cartórios de todo o país tem prazo de 10 dias para registrar nascimentos e óbitos, mas a tendência é de alta de mortes em relação aos nascimentos desde o ano passado.

Vítimas de COVID-19 em Porto Alegre

Foto: Silvio Avila

De acordo com pesquisadores, o fato inédito deve atingir o país como um todo, não apenas regionalmente no mês de abril.

A previsão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) era a de que essas duas linhas só iriam se cruzar em 2047, porém, devido a pandemia da Covid-19, esse fenômeno pode ser adiado em décadas.

José Eustáquio Diniz Alves, doutor em demografia, diz que os impactos no sistema de saúde e na economia influenciam as decisões das famílias, fazendo com que a taxa de natalidade seja reduzida.

“A pandemia acelerou as mortes e reduziu o nascimento, por quê? Na primeira onda, em junho e julho, muitas mulheres e casais a hora que viram o sistema colapsando, o mercado de trabalho com 32 milhões de desempregas, adiaram a decisão reprodutiva. A mulher decidiu ficar grávida em um momento mais adequado”, afirma.

LEIA MAIS

Coronavac: governo de SP diz que irá receber insumo da vacina em dois lotes, o 1° no dia 20

Para vice-governador de SP, Brasil pode bater outro recorde de mortes por Covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você