OMS: ‘É ridículo alguns países não conseguirem iniciar a vacinação’

A declaração foi feita por Tedros Adhanom, diretor-geral da Organização, durante entrevista coletiva nesta terça-feira (6)

Por: Caroline Ripani | 06 abril - 16:29

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (6), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou ser ridículo que alguns países até agora não tenham acesso à vacinas.

“É ridículo que em alguns países os profissionais da saúde e os grupos de risco permaneçam não vacinados”, disse Adhanom.

Diretor da OMS, Tedros Adhanom

Foto: Reprodução/Flickr

O diretor-geral ainda afirmou que “o aumento da produção e distribuição de forma igualitária continua sendo a principal barreira para encerrar o estágio agudo da pandemia de Covid-19”.

A coletiva da OMS em razão ao Dia Mundial da Saúde, contou com a participação de vários líderes mundiais. Um deles, presidente da Namíbia, Hage Geingob, classificou como “apartheid da vacina” a espera que algumas nações enfrentam no recebimento de imunizantes.

De acordo com Geingob, a Namíbia recebeu vacinas “dos amigos” Índia e China, no entanto, ainda espera a entrega de outros imunizantes, já que pagaram por eles.

Em resposta, Adhanom garantiu que o país receberá em duas semanas, algumas doses pelo consórcio Covax, co-liderado pela OMS.

*Com informações da Reuters.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

OMS afirma que vacina Oxford/AstraZeneca tem mais benefícios que riscos

OMS pede que Brasil apoie suspensão de patentes de vacinas

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você