MPF alerta Queiroga sobre a falta de medicamentos do kit intubação no MS

O documento enviando solicita que o ministro informe quais providências estão sendo tomadas para reverter o quadro de saúde no estado

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 31 março - 17:16

O Ministério Público Federal (MPF) enviou hoje um ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informando o ‘perigo iminente’ de desabastecimentos dos fármacos que compõem o kit intubação no estado do Mato Grosso do Sul. 

O documento solicita também, que seja estabelecido um prazo de cinco dias úteis para que o ministro informe quais as providências serão tomadas para reverter a situação caótica do estado. Queiroga deve também informar se há previsão de compra direta dos medicamentos.

Comprimidos e caixas de medicamentos

Foto: Reprodução/Agência Brasil

De acordo com o MPF, o ofício foi feito a partir de um inquérito civil, instaurado no dia 25 de março visando apurar irregularidades no fornecimento de medicamentos do kit intubação aos pacientes contaminados com a doença no estado do Mato Grosso durante o regime de requisição administrativa determinada pelo Ministério da Saúde.  

O  inquérito foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande e a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul questionando a entrega de medicamentos, além do monitoramento do consumo.

Escassez do Kit intubação no país 

De acordo com um levantamento feito pelo Ministério da Saúde, todos os estados brasileiros e o Distrito Federal enfrentam em estado crítico de abastecimento dos medicamentos usados para a intubação de pacientes com Covid-19 em situação grave. 

o kit é composto por sedativos e bloqueadores musculares para realizar o processo de intubação do paciente. 

Nesta quarta-feira (31) a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a venda do primeiro medicamento utilizado para a intubação de pacientes com Covid-19. Com a medida, o medicamento dispensa o registro e garante a autorização apenas com notificação, a decisão foi tomada para facilitar a compra do medicamento e evitar a falta de estoque nas unidades de emergência.

LEIA MAIS

Mato Grosso do Sul: Governador estende toque de recolher e reduz atividades permitidas

Anvisa impõe autorização prévia para exportação de remédios do ‘kit intubação’

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você