Ministério envia lote de 3,5 milhões de doses de vacina a estados e DF

As doses serão destinadas aos idosos entre 60 e 69 anos e agentes de segurança, de salvamento e das Forças Armadas que atuam na linha de frente do combate à pandemia

Por: Sophia Bernardes | 22 abril - 14:39

Nesta quinta-feira (22), o Ministério da Saúde enviará um lote com 3,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 fabricada no Brasil com matéria-prima importada. De acordo com a pasta, 2,8 milhões de doses são da vacina da AstraZeneca/Oxford, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 700 mil da Coronavac, do Instituto Butantan.

As doses serão destinadas aos idosos entre 60 e 69 anos e agentes de segurança, de salvamento e das Forças Armadas que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

Foto: Agência Brasil

Em nota o Ministério esclareceu que, “a divisão entre os estados e Distrito Federal é feita de forma proporcional, pactuada com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), conforme o quantitativo recebido pela pasta e a ordem dos públicos prioritários”.

Ainda em nota, o ministério informou que o intervalo entre a primeira e a segunda doses é de quatro semanas para a vacina do Butantan e de 12 semanas para as doses da Fiocruz.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Covid-19: SP ultrapassa 10 milhões de doses de imunizantes aplicados

Ampliação da vacinação em São Paulo tem garantia do PNI, diz coordenadora do estado

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você