Ministério da Saúde começa hoje a distribuir 9,1 milhões de doses de vacina contra a Covid

Esse será o maior lote único enviado aos estados e municípios por meio do Programa Nacional de Imunizações

Por: Maria de Toledo Leite | 01 abril - 16:55

O Ministério da Saúde inicia nesta quinta-feira (1º) a distribuição de mais de 9 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Essas doses recebidas pelos Estados serão dirigidas à idosos de 65 a 79 anos, profissionais da saúde e aos profissionais de forças de segurança e salvamento e Forças Armadas que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

Serão enviadas 9,12 milhões de doses, sendo delas 8,4 milhões de CoronaVac e 728 mil da Oxford/AstraZeneca. Esse se trata do maior lote único de vacinas contra o coronavírus distribuído pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

Ministério da Saúde atrasa entrega de vacinas pelo segundo mês seguido

Carlos Alberto Chaves, de máscara preta, dando discurso e gesticulando com as mãos

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Uma parte das vacinas da CoronaVac será usada para a primeira dose do grupo prioritário de forças de segurança e salvamento e de idosos entre 65 a 69 anos. O restante será usado como segunda dose em profissionais da saúde e idosos de 70 a 79 anos. Já o lote da AstraZeneca será usado apenas como a segunda dose em profissionais da saúde.

De acordo com a nota do Ministério da Saúde, outras 2 milhões de doses produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) devem ser disponibilizadas até o fim de semana.

Segundo o balanço da vacinação desta quarta-feira (31), pelo menos uma dose de vacina foi aplicada em quase 17,6 milhões de brasileiros. A aplicação da segunda dose foi feita em cerca de 2,40% da população do país.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

ONU busca auxiliar Brasil para antecipar chegada de vacinas contra a covid-19

1 a cada 5 brasileiros com covid-19 morreu em março

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você