Mesmo sem aval da Anvisa, Governo de São Paulo anuncia início de produção da Butanvac

A expectativa do governo é que o instituto entregue 18 milhões de doses da vacina até a primeira quinzena de julho

Por: Bianca Antunes | 28 abril - 13:36

Nesta quarta-feira (28), o governo de São Paulo anunciou a produção da vacina Butanvac, a primeira vacina produzida integralmente no Brasil, pelo Instituto Butantan.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), o instituto iniciou hoje a produção de 1 milhão de doses da vacina. O anúncio ocorreu antes da Anvisa liberar os testes do imunizante em humanos.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

“Hoje o Brasil dá mais um importante passo para a independência científica e tecnológica para produção de uma vacina em nosso país. Uma vacina para proteger a população brasileira e salvar vidas. Um ativo da ciência, mas também um ativo econômico, social e um ativo de esperança para os brasileiros”, disse Doria.

A expectativa do governo é que o instituto entregue 18 milhões de doses da vacina até a primeira quinzena de julho, quando está prevista a conclusão do processo de análise pela Anvisa.

“Menos burocracia e mais solidariedade é o que nós esperamos da Anvisa. Seguir os critérios científicos sim, mas lembrar que nós estamos diante de uma pandemia”, concluiu.

Autorização para testes negada

Ontem (27), a Anvisa negou pedido de autorização do Butantan para que a vacina, possa ser testada em humanos. Segundo a agência, os dados fornecidos na última sexta-feira (23) estão “incompletos” para a aprovação. A Anvisa solicitou ao Butantan os documentos que faltam para prosseguir com a autorização dos testes clínicos em humanos. Leia mais.

LEIA TAMBÉM:

São Paulo: Com vacinação, mortes de idosos pela Covid despencam 90% em abril

UFMG deve solicitar em maio permissão para iniciar testes de vacina contra covid em humanos

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você