Letalidade aumentou com a difusão da variante brasileira, aponta estudo

Todos os grupos etários acima de 20 anos tiveram aumento na taxa de morte

Por: Maria de Toledo Leite | 01 abril - 20:59

Pesquisadores do Brasil, Itália e Estados Unidos se juntaram e fizeram um estudo que apontou um crescimento da letalidade da Covid-19 junto ao aumento da difusão da variante brasileira P.1. Estudos prévios já tinham comprovado que cepa era responsável por mais de 64% dos casos de covid-19 na cidade de São Paulo.

O estudo analisou 553.518 casos da doença registrados no Paraná entre 1º de setembro do último ano e 17 de março de 2021, avaliando as tendências nas diferentes faixas de idade.

Especialistas temem nova onda nos EUA com a nova variante

Foto: Hélia Scheppa/SEI

O resultado mostrou que todos os grupos etários tiveram uma queda na mortalidade até janeiro deste ano, mas, a partir disso, a tendência mudou. Em fevereiro de 2021, as mortes em pessoas mais velhas do que 20 anos aumentaram significativamente, de acordo com o documento.

Foi justamente nessa época que a variante brasileira começou a se disseminar pelo país. O estudo cita reportagens que apontam um aumento das infecções e das mortes entre grupos mais jovens no Brasil, mas isso aconteceu junto do colapso hospitalar pelos estados, o que causou óbitos de pacientes que nem chegaram a receber tratamento.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Variante brasileira do coronavírus é detectada em várias regiões do Paraguai

O presidente do Senado pede à ONU antecipação de vacinas e diz que o Brasil vive situação “dramática”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você