Internações em UTIs por Covid estão 85% acima do pico em 2020

A ocupação dos leitos é de 91% e em pelo menos 60 dos 105 municípios não há mais vagas

Por: Sophia Bernardes | 23 março - 11:24

Em todas as regiões do estado de São Paulo, o volume atual de internações em leitos de terapia intensiva é o maior já registrado desde o início da pandemia. A quantidade de pacientes com Covid-19 em UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) públicas na capital é 85% maior que no momento mais preocupante de 2020.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, há cerca de 30 mil pacientes hospitalizados em decorrência do vírus na rede pública em todo o estado, sendo que 12 mil estão em UTIs. Nessa segunda-feira (22), a ocupação dos leitos foi de 91% e em pelo menos 60 dos 105 municípios não há mais vagas.

Médicos atendendo paciente em leito

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Só no último mês, o total de pacientes hospitalizados, entre terapia intensiva e enfermaria, cresceu 110%, avançando de 13.665, em 21 de fevereiro, para 28.638 no último domingo (21).

Nesse mesmo período, a capital paulista ativou 3.400 leitos de UTI, um acréscimo de 38%, no entanto a demanda para esse tipo de vaga cresceu 85%.

Ao comparar o cenário da última semana com o pico da pandemia de 2020 no estado, o mês de outubro, houve uma alta de 97% nas internações em UTIs.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, até essa segunda (22) o estado de São Paulo soma mais de 2 milhões de casos confirmados e 67, 6 mil mortos pela Covid-19. ​Nas últimas 24 horas, a capital atingiu uma nova marca de óbitos por Covid-19, totalizando  de 1.021 mortes.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Sorocaba tem UTIs lotadas e alta no número de mortes por covid-19 em unidades de emergência

HC da Unicamp aumenta disponibilidade de leitos para Covid-19

Tomba caminhão que transportava oxigênio na serra de Petrópolis, RJ

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você