Índice de isolamento em São Paulo aumenta pouco

O isolamento social passou de uma média diária de 42% para 44%

Por: Bianca Antunes | 26 março - 16:13

A decisão do governo de São Paulo de criar a fase emergencial para reduzir o número de internações e mortes de covid-19 surtiu pouco efeito no índice de isolamento do estado.

Os dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e do Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo), o isolamento social passou de uma média diária de 42% para 44%.

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Ainda segundo os dados, em média, 380 mil pessoas deixaram de usar os ônibus do transporte público da capital todos os dias. Assim, a média diária ficou em 1,49 milhão de passageiros, número 20,3% inferior aos 1,87 milhão do período anterior.

Desaceleração de internações

Com restrições e vacinação, o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, avaliou que há um movimento de desaceleração no número de novas internações de pacientes com covid-19 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com dados do Centro de Contingência da Covid-19, antes da adoção de medidas restritivas, a taxa média de internações diárias era de 2,59%, e atualmente é de 2,2%.

LEIA MAIS:

OMS pede doação imediata de 10 milhões de vacina para o programa Covax

Em fevereiro, 88% dos intubados com covid-19 morreram

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você