Holanda: Uso da vacina Oxford/AstraZeneca é suspenso para menores de 60 anos

Segundo o Ministério da Saúde holandês, uma mulher morreu após ser vacinada com o imunizante

Por: Caroline Ripani | 02 abril - 15:18

Nesta sexta-feira (2), o governo da Holanda suspendeu temporariamente o uso da vacina Oxford/AstraZeneca contra o novo coronavírus, em pessoas com menos de 60 anos.

Segundo o Ministério da Saúde holandês, uma mulher morreu após ser vacinada com o imunizante.

Pessoa sendo vacinada

Foto: Reprodução/Agência Brasil

De acordo com a agência de notícias ANP, cerca de 100 mil agendamentos de vacinação foram cancelados após a decisão.

A AstraZeneca informou estar trabalhando com a autoridades holandesas para tratar de qualquer dúvidas acerca do imunizante.

*Com informações da Reuters.

Uso suspenso em outros países

Após casos de coágulos sanguíneos serem relatados em pessoas que tomaram a vacina da Universidade de Oxford com a biofarmacêutica AstraZeneca, países como Canadá, Dinamarca, França, e Alemanha suspenderam seu uso.

Na última quarta-feira (31), a Grécia ordenou a autópsia de uma mulher que foi encontrada morta 20 minutos depois de receber a vacina, gerando suspeitas acerca do imunizante.

Em meio a este cenário de desconfiança com a vacina, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), reafirmou também na quarta feira, a segurança do imunizante.

Foi divulgado pela EMA que “na presente revisão, não foram identificados fatores de risco específicos, como idade, gênero ou para quem tem um histórico médico de problemas de coagulação, para esses eventos raros. Uma conexão causal entre a vacina ainda não foi comprovada, mas é possível e futuras análises estão em andamento”.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Oxford/AstraZeneca: Fiocruz entrega hoje 1,3 milhão de doses da vacina

Após ter dados questionados, AstraZeneca reduz eficácia de vacina para 76%

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você