Governo pode dar isenção para empresas que comprarem vacinar para doar ao SUS

"Todas as doações que acontecerem, podem haver isenções", diz Guedes

Por: Bianca Antunes | 25 março - 16:44

Nesta quinta-feira (25) o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que empresas que doarem vacinas contra a covid-19 para o Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ganhar isenção do governo.

“Buscar vacina onde tiver. Vacinar com o setor privado, vacinar com o setor público. Se o setor privado der vacinas para a gente imunizar as prioridades, os mais vulneráveis, os idosos, podemos dar isenção para as doações”, disse o ministro, em reunião da Comissão Temporária da covid-19

Homem rouba 98 doses de vacina em SP

Foto: Reprodução/Pixabay

Segundo Guedes, o benefício poderá ser estendido a bilionários e milionários brasileiros que também fizerem doações. Ele não esclareceu como a isenção pode ser feita, mas garantiu que não haveria benefício para vacinas não doadas ao SUS.

“Não pode dar uma isenção para alguém rico ir lá fora, comprar vacina e vacinar sua família. Agora, todas as doações que acontecerem, podem haver isenções. Se os bilionários brasileiros, fundos, todo mundo quiser ajudar, pode ter isenção para comprar vacina e doar para o povo brasileiro”, afirmou.

Compra de vacinas

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou no início deste mês a Lei nº 14.125, de 2021, que autoriza a compra de vacinas pela iniciativa privada e estabelece que todas as doses devem ser doadas ao SUS até que os grupos de risco tenham sido imunizados em todo o país.

LEIA TAMBÉM:

SP irá vacinar profissionais de saúde autônomos com mais de 53 anos na segunda (29)

Biden dobra meta de vacinação contra o cornavírus nos EUA

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você