Governo de São Paulo deve realizar coletiva de imprensa nesta sexta-feira

A entrevista está marcada para 12h45, para atualizar as medidas acerca da pandemia de Covid-19

Por: Leonardo Fernandes | 16 abril - 08:15

O governo do estado de São Paulo deve fazer uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (16), às 12h45, para transmitir as atualizações acerca da pandemia de Covid-19 na região, incluindo dados do Plano São Paulo. O pronunciamento à imprensa será realizado no Palácio dos Bandeirantes, e poderá ser assistido pelo YouTube, pelo canal da TV Cultura e demais redes sociais do governo.

A coletiva deve ser comandada por Rodrigo Garcia (DEM), vice-governador de SP. Na última coletiva, o governador João Doria (PSDB) já havia anunciado que Garcia seria o responsável por falar com a imprensa desta vez.

Leia mais: São Paulo: ‘Desativamos leitos de UTI para não ficarmos sem estoque’

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A gestão talvez atualize dados sobre a possibilidade do estado sair ou não da fase vermelha de restrições, que tem previsão para terminar no próximo domingo (18). A fase foi anunciada há duas semanas, depois que São Paulo saiu da fase emergencial (também conhecida como “fase roxa”).

Cultos religiosos estão proibidos nesta etapa restritiva, e há toque de recolher das 20h às 5h.

Nesta quinta-feira (15), o estado registrou 1.060 óbitos pelo novo coronavírus, alcançando o total de 86.535 mortes desde o começo da pandemia no Brasil. São Paulo soma 2.704.098 casos da doença até então.

De acordo com o governo, o número de internações continua a cair nos hospitais. Das 25 mil pessoas atualmente internadas, 11.756 estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), e 13.307 em enfermarias, com 83% da taxa de leitos UTI ocupados.

Coletiva do Governo do Estado de São Paulo:

  • Quando: sexta-feira, 16 de abril de 2021;
  • Horário: 12h45;
  • Onde posso assistir: TV Cultura, YouTube e demais redes sociais do governo.

Leia mais notícias:

Com 3.774 mortes, Brasil tem quarto pior dia da pandemia

Abril pode chegar a 24 mil mortes e ser o mês mais letal da pandemia de Covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você