Governo de São Paulo anuncia fase vermelha no estado

Medida deve permanecer durante duas semanas

Por: Bianca Antunes | 03 março - 14:44

Após São Paulo bater o recorde de mortes em um dia desde o começo da pandemia, o governador João Doria (PSDB) anunciou a volta do estado para a fase vermelha, estágio mais restritivo do plano de combate ao coronavírus. A medida entra em vigor na hora zero deste sábado (6).

Estado de SP tem 468 mortes por Covid-19 nesta terça-feira

Além disso, o Governo de São Paulo também anunciou a antecipação do “toque de recolher” para as 20h, anteriormente das 23h às 5h, com o objetivo de limitar a circulação de pessoas na rua.  “Estamos em São Paulo e no Brasil à beira de um colapso. Exige medidas coletivas e urgentes”, disse Doria.

LEIA TAMBÉM:

Secretário de Saúde aponta medida suspensão das aulas presenciais em SP

Globo faz teste de Covid em todos os participantes

O fase vermelha deverá acontecer até 19 de março. Nesse estágio é permitido o funcionamento apenas de setores essenciais da economia, como farmácias, supermercados, padarias, agências dos correios, petshops, clínicas veterinárias, postos de combustível, comunicação social, hotelaria e transportes coletivos, como ônibus, trens e metrô.

Desde o final do ano passado, o governo passou a considerar a educação como serviço essencial, com funcionamento limitado a 35% dos alunos matriculados. Nesta quarta (3), o governo também incluiu na lista as atividades religiosas.

“Vamos enfrentar, nas duas próximas semanas, as piores semanas da pandemia desde março do ano passado”, alertou o governador em coletiva.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você