Governadores negociam com o ministério a inclusão da vacina Sputnik V na imunização

O ministro da Saúde se reuniu nesta terça-feira (20) com os governadores

Por: Aline Bueno Silvestre | 20 abril - 21:41

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu com governadores do Norte e Nordeste nesta terça-feira (20). Eles tentam negociar a liberação da vacina russa Sputnik V.

O presidente do Consórcio do Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT), informou também o interesse em mais vacinas para aplicação.

Governadores tentam negociar com o ministério a liberação da Sputnik V

Foto: Reprodução/Pixabay

O Consórcio liderado por Wellington fechou um acordo de compra de 37 milhões de doses da vacina russa. Agora, eles querem a liberação para que ela seja incluída no  Programa Nacional de Imunização (PNI).

“O ministro também mantém a posição que todas as vacinas sejam colocadas no PNI. Significa que, nos estados que têm contrato firmado, vamos encontrar uma solução jurídica. Falta posição da Anvisa sobre colocar as vacinas no PNI”, afirma.

Os governadores estão pressionando a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que libere a vacina ainda em abril. 

*Com informações do Portal R7.

A vacina Sputnik V

Segundo estudos da Rússia, origem da imunizante, a vacina tem 97,6% de eficácia. No entanto, pode ser pouco eficaz contra a variante sul-africana da Covid-19. Saiba tudo sobre a vacina. A Índia, país que vem alcançando recordes, é um dos que aprovaram a Sputnik V.

Depois de adiar a ida até as fábricas, a Anvisa deve ir realizar a vistoria nas próximas semanas, o que pode acelerar a aprovação da vacina. No entanto, nesta terça-feira (20), eles pediram a suspensão do prazo para decidir sobre a importação da Sputnik. 

LEIA MAIS:

Diretor-presidente da Anvisa diz faltar documentos para aprovar Covaxin e Sputnik V

Índia bate recorde ao registrar 200 mil casos de covid em 24 horas

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você