França proíbe vacina de Oxford para menores de 55 anos

Países muda de orientação em relação ao imunizante pela terceira vez

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 19 março - 16:13

Nesta sexta-feira (19) a autoridade de saúde na França determinou que a vacina Covid-19 da Astrazeneca/Oxford seja aplicada somente em pessoas acima dos 55 anos. Essa é a terceira mudança de orientação desde a aprovação do imunizante no país.

No primeiro momento as instruções eram de que a aplicação não deveria ser realizada em idosos, sob o argumento de que faltava dados sobre seu efeito a partir dos 56 anos de idade.

pessoas segurando ampola da vacina

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Após o Reino Unido liberar dados e mostrarem que o imunizante protege os idosos após a primeira dose, a França voltou atrás e liberou a vacinação para todas as faixas etárias no começo deste mês.

Na semana passada seguindo as medidas de outros países a França suspendeu totalmente a administração da vacina, até que mais investigações fossem feitas sobre os efeitos adversos 

A mais recente orientação foi fornecida após o regulador europeu recomendar que a vacina seja aplicada em todas as pessoas acima de 18 anos, afirmando que a vacina da Astrazeneca “é segura e eficaz e seus benefícios superam os riscos.” 

No entanto, o governo francês decidiu evitar os riscos e não aplicar a vacina em menores de 55 anos. A restrição da vacina em pessoas mais jovens ocorreu por haverem 23 relatos de um raro acidente vascular nas pessoas já imunizadas.

Até agora cerca de 18 milhões de europeus tomaram ao menos uma dose da vacina Astrazeneca.

LEIA MAIS

Países europeus voltam a usar vacina AstraZeneca/Oxford

Segundo Fiocruz, vacina AstraZeneca/Oxford é “extremamente segura e eficaz”

Confinamento em Paris faz moradores saírem às pressas da cidade

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: