Fiocruz entrega 1,37 milhões de doses da vacina de Oxford ao Ministério da Saúde na sexta-feira (2)

Com a entrega dos novos lotes, o cronograma de março acaba. Até agora foram 4,2 milhões de imunizantes entregues

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 01 abril - 15:53

Nesta sexta-feira (2) a Fundação Oswaldo Cruz entrega 1,37 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, contra o coronavírus, ao Ministério da Saúde. Com esses novos lotes a fundação finaliza a entrega do cronograma do mês de março. Outros carregamentos haviam garantido 1,8 milhões de imunizantes até semana passada.

Em uma entrevista para a CNN Brasil, o diretor do instituto de tecnologia em imunobiológicos da Fiocruz, responsável pela produção, Maurício Zuma, não citou atrasos na entrega dos insumos “A gente trabalha aqui com cronograma semanal, sempre colocou que até a última semana de março, iria entregar 3,8 milhões. Mas a última semana de março não acabou hoje, acaba no sábado para a gente, o que gera algumas confusões.” 

Entrega de vacinas

Foto: Reprodução/Agência Brasil

No calendário do mês de abril está prevista a entrega de 18,8 milhões de doses. Desde a semana passada já foram produzidas pelo laboratório 900 doses por dia e eles esperam iniciar esse mês um novo turno de produção e chegar a 1,2 milhões. 

Segundo o diretor de Bio-Manguinhos o aumento na produção pode começar a ser sentida a partir do dia 12 de abril, uma vez que, cada lote pode levar até três semanas para ser liberado após passar pelo controle de qualidade. Assim que o processo for estabilizado o Ministério deve receber remessas duas vezes por semana, às quartas e sextas-feiras.  

No dia 2, a Fiocruz recebe também mais lotes do ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) importado da China, responsável por gerar 5 milhões de doses de imunizante. A matéria prima que o instituto tem até agora garante 28 milhões de doses. 

LEIA MAIS

Hong Kong retornará imunização com vacina da Pfizer

Profissionais da educação do estado de SP já podem se cadastrar para vacinação

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você