Feriado antecipado em São Paulo: o que pode e não pode

A medida começa nessa sexta-feira e se estenderá até dia 4 de abril

Por: Sophia Bernardes | 24 março - 11:38

A partir desta sexta-feira (26), começará os feriados antecipados na capital paulista como medida para conter a circulação de pessoas e da Covid.

A declaração sobre a antecipação foi feita pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) no dia 18. Segundo ele, o objetivo é estimular o isolamento social na capital durante esses dias. A medida se estenderá até dia 4 de abril.

Cidade de São Paulo com medidas restritivas e população circulando nas ruas

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O munícipio de São Paulo, assim como o estado e o país passam pelo pior momento da pandemia desde o início, sem perspectiva de melhora a curto prazo.

Os números de óbitos e a taxa de ocupação de leitos no estado indicam que o sistema de saúde está em colapso. Hoje, 767 pessoas aguardam por um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na Grande São Paulo e na capital paulista, de acordo com informações da prefeitura. Além disso, pelo menos 101 pessoas morreram na fila de espera por leito na Grande São Paulo no mês de março. 

Visto isso, a prefeitura declarou que abrirá  105 leitos de UTI.

Quais e quando são feriados?

O feriado começa no dia 26 e seguirá nos dias 29, 30 e 31 de março e 1° de abril. Já que haverá dois finais de semana neste período e o feriado nacional de 2 de abril, da Sexta-Feira da Paixão, se formam dez dias que não serão úteis.

Os feriados que foram antecipados são, o de Corpus Christi de 2021 e 2022, Consciência Negra de 2021 e 2022, além do aniversário da cidade, no dia 25 de janeiro de 2022.

Pode viajar?

Durante este período não haverá barreiras sanitárias impedindo as pessoas de saírem da capital, mas a recomendação da prefeitura e das autoridades de saúde é para não viajar e manter o isolamento em casa.

Sabendo que muitos paulistanos planejam viajar ao interior do estado, algumas cidades já planejam restrições severas para evitar a circulação de turistas.

Entre as restrições estão multas para festas, proibição de aluguel de chácaras, restrição no uso de lanchas e na venda de bebidas alcoólicas.

Como fica o rodízio?

Nesta segunda-feira (22), passou a valer a mudança no rodízio na cidade paulista. Os carros podem circular normalmente de manhã (7h às 10h) e à tarde (17h às 20h), mas estão restritos entre as 20h e as 5h.

  • Placas finais 1 e 2: das 20h de segunda às 5h de terça
  • Placas finais 3 e 4: das 20h de terça às 5h de quarta
  • Placas finais 5 e 6: das 20h de quarta às 5h de quinta
  • Placas finais 7 e 8: das 20h de quinta às 5h de sexta Placas finais 9 e 0: das 20h de sexta às 5h de sábado.

Banco vão abrir?

De acordo com a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), serão analisados a situação de cada estado, em São Paulo os bancos não estão incluídos na lista dos liberados a funcionar.

No entanto, os serviços bancários funcionarão normalmente de forma digital pelo celular, pela internet e em caixas eletrônicos, informou a federação.

Haverão aulas?

As aulas presenciais estão suspensas, as escolas municipais estão em recesso e as particulares funcionarão apenas online.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Março é considerado o pior mês da pandemia em SP até então

Farmácias ultrapassam 2 milhões de testes rápidos da COVID-19 em 2021

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você