Feriadão: Secretário de saúde de São Paulo afirma que o período teve impacto positivo

Jean Gorinchteyn ainda afirmou estarem ampliando a quantidade de leitos de UTI e comprando mais kits entubação

Por: Caroline Ripani | 05 abril - 12:18

Nesta segunda-feira (5), o secretário estadual de saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, declarou que o feriado de 10 dias, decretado pela prefeitura da cidade como forma de tentar conter o avanço do novo coronavírus, teve impacto positivo no estado como um todo.

Segundo Gorinchteyn, “quando falamos da antecipação de feriados temos uma taxa de mobilidade menor, reduziu a circulação de pessoas e colaborou para as estatísticas de número de casos, internações e desacelerou o número de óbitos. Nossa visão é que [o feriado] teve um impacto bastante positivo”.

Secretário de Saúde de SP, Jean Gorinchteyn

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Ao lado do governador João Doria, o secretário de saúde acompanhou a entrega de mais um lote de um milhão de doses do imunizante Coronavac para o Programa Nacional de Imunização (PNI), na sede do Instituto Butantan.

Segundo o governo, já foram entregues 37,2 milhões de doses ao PNI, correspondendo a 80,8% do total previsto no contrato com o Ministério da Saúde, ao todo 46 milhões de doses até 30 de abril.

Gorinchteyn ainda disse que estão ampliando o número de leitos, resguardando a oferta de oxigênio e fazendo compras emergenciais do kit entubação. Entretanto, afirmou que o Estado precisa de apoio do Ministério da Saúde para obter mais medicamentos.

“O montante que recebemos na semana passada foi muito pequeno, capaz apenas de fomentar 48h de ação. Temos estoque para alguns dias e estamos apoiando os município para que não haja escassez desses produtos”, declarou.

Em São Paulo, mais de 500 pessoas morreram enquanto esperavam leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva. No primeiro dia de abril, o estado registrou pela terceira vez mais de mil mortes por covid-19 em 24h, ultrapassando o total de 75 mil vidas perdidas para a doença desde o começo da pandemia.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Com agravamento da pandemia, STF pode vetar em plenário cultos e missas

Fase vermelha deve continuar em SP, segundo João Gabbardo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você