EUA flexibiliza o uso de máscaras por pessoas que já foram vacinadas

O país registrou a maior queda no número de casos desde fevereiro, com 16% menos infecções contabilizadas

Por: Maria de Toledo Leite | 27 abril - 16:07

Nesta terça-feira (27), a agência reguladora da saúde dos Estados Unidos decidiu que aquelas pessoas que já receberam as duas doses de imunizante contra a Covid-19 poderão realizar atividades a céu aberto, como fazer trilhas ou caminhar, sem usar máscaras. Em locais fechados o uso continua obrigatório.

Mais da metade dos adultos já foram vacinados com pelo menos uma dose no país, o mesmo que aproximadamente 140 milhões de pessoas.

São Paulo registra mais mortes por covid em 4 meses de 2021 do que em todo ano de 2020

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) afirmou que o objetivo por trás da liberação foi ajudar os cidadãos americanos plenamente vacinados a retomar suas atividades que haviam interrompido por causa da pandemia.

O uso de máscara é considerado pelos especialistas uma forma eficiente de controlar a transmissão do vírus. Havia uma discussão sobre o uso de máscaras ao ar livre há semanas, e a decisão levou em conta que a maior parte das transmissões de Covid-19 acontece em lugares fechados. A alta da vacinação no país também foi considerada.

Na semana passada, o número de casos de Covid-19 caíram 16%, a maior queda semanal desde fevereiro.

Além disso, a agência disse que americanos poderão fazer pequenas reuniões ao ar livre em restaurantes ou encontros com pessoas já vacinadas ou que estão esperando para receber as doses. O CDC ainda recomenda o uso de máscaras durante reuniões com mais pessoas, como paradas ou eventos esportivos.

Foi criada uma classificação de atividades marcadas com cores vermelha, amarela e verde, com base no nível de segurança para pessoas ainda não vacinadas. Elas estão liberadas para andar ou correr sem máscaras com aqueles com quem vivem com segurança e frequentar eventos ao ar livre com pessoas que já receberam as duas doses.

Em março, a agência já havia liberado que os vacinados se encontrassem ao ar livre em pequenos grupos com outros também imunizados.

Ainda não há dados suficientes sobre a possibilidade de pessoas plenamente vacinadas transmitirem o coronavírus para quem ainda não recebeu as doses.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Após vacinar 61% da população, Israel anuncia fim da obrigatoriedade de máscara ao ar livre

Capitólio dos EUA se prepara para primeiro discurso de Joe Biden ao Congresso

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você