Escolas em SP funcionarão na fase vermelha

Secretário de Educação faz apelo às famílias para as próximas duas semanas

Por: Larissa Placca | 03 março - 20:36

O secretário de Educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares, pediu para que as famílias deixem os filhos assistindo aulas remotas nas próximas duas semanas. O pronunciamento foi logo após definida a fase vermelha para todo o Estado a partir do sábado (6).

Governo de São Paulo anuncia fase vermelha no estado

“Escola está aberta para quem realmente precisa”, declarou o secretário.

As escolas são consideradas atividades essenciais durante a fase vermelha, desde o decreto do Estado no dia 26 de fevereiro deste ano.

A expectativa do Governo é que o fluxo dentro das escolas caia em até 80%. Em fevereiro, as escolas receberam 2,5 milhões de alunos.

“Ressalto às famílias: se tem condições de fazer a educação mediada por tecnologia, se tem como acompanhar e ajudar seu filho, por favor, faça. Escola está aberta para quem realmente precisa”, afirmou Rossieli.

Foto: Divulgação/Governo do Estado de SP

Rossieli não detalhou quais as medidas a diminuição na frequência de alunos. Segundo o pronunciamento, os pais devem fazer essa avaliação.

O Governador João Doria (PSDB) se posicionou declarando: “Vamos enfrentar, nas duas próximas semanas, as piores semanas da pandemia desde março do ano passado”.

A medida da fase vermelha em todo o Estado foi tomada dado o aumento de casos de covid-19 em todo o país.

Nesta fase, além das escolas, apenas setores essenciais da economia seguiram abertos, como farmácias, supermercados, padarias, postos de combustível, e transportes coletivos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Hospitais privados de São Paulo têm 100% da capacidade ocupada

Doria diz que SP comprará 40 milhões de vacina

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você